Nega Borelli, me solta que eu quero é ser feliz!

Detesto funk, mas confesso que me apaixonei pelo batidão lançado por Nego do Borel: Me Solta. A batida com poucos elementos nem parece um funk, mas o que causou furor mesmo foi o clipe, que já tinha mais de 15 milhões de views quando escrevi este texto. O “funkeiro”, além de aparecer no vídeo travestido de Negra Borelli, personagem criada por ele há alguns anos, também tasca um beijo – cenográfico – em Jonathan Dobal, 30 anos, delicioso e modelo.

QGMag: Jonathan Dobal - Modelo.

QGMag: Jonathan Dobal – Modelo (Foto Divulgação)

Se o intuito era causar polêmica acertou em cheio. De um lado estão os heteros, incomodados e indignados pelo fato de Nego do Borel aparecer como uma bicha afetada beijando um rapaz, de outro estão membros da comunidade LGBTI+ pelos mesmos motivos – vai entender. Essa última turma reclama ainda mais, por conta do apoio que o cantor, supostamente, dá ao candidato Jair Bolsonaro.

O incomodo foi tanto que o youtuber Gabriel Braga, do canal Umbipolar, correu para criar uma parôdia do clipe da Negra Borelli. Ele comenta que  “A questão principal é a objetificação da bicha preta. A bicha preta favelada é a que toma na cara primeiro a homofobia e o preconceito. Ela tá na frente, levando tiro primeiro, é morta todo dia na favela, as estatísticas mostram. Ele usou isso de uma forma estereotipada, como muitos programas de TV já fazem. Isso é o que me deixou mais irritado”. A paródia pode ser conferida no link: http://sqrc.biz/QGMag.video.ParodiaMeSolta

Falem bem ou falem mal, mas falem de mim…

Não percebi e nenhum momento uma degradação da imagem do homossexual, pelo contrário, o que ví no vídeo foi uma bicha negra e louca agitando o morro e, de quebra, da um beijo no gostosão, na cara de todo mundo (no vídeo), sem que ninguém fizesse gestos ou caretas. Vi alí um certo empoderamento, será que só eu vi isso?

Confira o clipe de Nega Borelli, quer dizer, Nego do Borel no link: http://sqrc.biz/QGMag.Video.MeSolta

O que você achou? Conta pra gente.

Regis Araujo

Amante de todo tipo de tecnologia, programador autodidata, Regis Araújo possui uma mente inquieta, território onde brotam ideias quase sem parar. Tem uma avidez por histórias de vida e pela escrita; e tanto melhor se as duas vierem juntas.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInGoogle PlusYouTube

Compartilhe este link:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *