Sonhos meus…

Primeiro dia de escrita aqui na pensão, decidi que faria na cama mesmo, pelo menos hoje. Não tive coragem de ir para a academia e fiquei enrolando, mesmo no calor infernal que estava no quarto, era a própria antessala do inferno! Sonhei bastante esta noite, todos tinham algum tipo de fantasia ou componente sexual, me insinuei bastante para meu colega de quarto, quer dizer insinuei sem insinuar, estava deitado mexendo no meu corpo e imaginando situações. O rapaz não é bonito, mas tem um pinto, o que aparentemente é o mais importante pra mim neste momento.

Num dos sonhos, o pessoal da pensão estava discutindo sobre deixar ou não a luz do corredor acesa a noite. A discussão era tão real que estou em dúvida se ela não aconteceu de verdade e por conta disso acabei sonhando a situação, no auge da discussão eu abri a porta para ver o moreno gostosão, que mora no quarto no final do corredor, pelado e com as mãos tapando o sexo. Quando ele me viu, começou a acariciar o pinto preto e torto para cima, o formato que mais acho bonito. Bizarramente a pessoas não percebiam o que ele estava fazendo, fui para o banheiro coletivo da casa e ele me acompanhou, depois disso não me lembro mais o que aconteceu. Que pena.

Num outro sonho eu estava agarrado no teto de vidro de um arranha céus e pedindo socorro para as pessoas que estavam no escritório logo abaixo, Inicialmente tive a impressão de que o perigo era real, para só depois me dar conta que eu estava fingindo começaram a prestar atenção eu saí de onde estava e entrei no vão que dava acesso às escadas de emergência. Comecei a descer por elas até começar a cruzar com outras pessoas e me dar conta de que eu estava só de cueca, minha roupa havia ficado no último andar do prédio, não sei bem o motivo, mas eu havia tirado as roupas logo depois que entrei no vão. Voltei para pegar minhas roupas e no caminho ia tocando meu pinto quando cruzava com outros homens, quando cheguei no andar onde minha calça jeans e minha camiseta estavam, um homem percebeu minha intenção e resolveu se aproximar e depois um outro, nós masturbamos a três.

Continuando a maratona de sonhos, “apareci” num quarto, que inicialmente parecia ser o da pensão, o rapaz que dorme na parte de cima do beliche desceu e se sentou num banquinho ao meu lado. Ficou ali por algum tempo olhando eu me tocar, para em seguida se deitar ao meu lado, quando se “transformou” no meu ex. Nos beijamos e ele me colocou para chupar o pau dele. Partimos para o sexo, que não durou muito, pois gostei rapidamente, nos vestimos e ele começou a conversar comigo, falando sobre uma peça dele que não teve muito público. Estava caçando assunto, queria que eu engajasse na conversa, mas não dei muita bola. De repente me vi numa cozinha, não sei se do apartamento ou da casa de uma amiga minha, eu estava num canto tomando banho e ela lavando louça, em cima da pia. Conversamos sobre o sexo com meu ex e o sonho terminou.

Não me lembro se sonhei alguma outra coisa, mas que noite de sonhos. Depois de acordar fiquei pensando sobre estes sonhos e com vontade de me masturbar no banho. Ainda penso muito sobre meu ex, inclusive me masturbo pensando nele, mesmo depois de quase dois anos de separação. Ele deixou marcas profundas em meu consciente e subconsciente que não sei se desaparecerão, mas espero que pelo menos se amenizem o quanto antes para eu seguir normalmente com minha vida.

Vou parar por aqui, como estou usando o celular e não o computador, não sei se atingi a meta diária, mas me dou por satisfeito. Vou tomar banho, me masturbar me trocar e seguir para o trabalho. Não fui para a academia, mas me vejo na obrigação de fazer o texto diário, farei isso quando chegar lá no escritório. Estou orgulhoso de mim.

Regis Araujo

Amante de todo tipo de tecnologia, programador autodidata, Regis Araújo possui uma mente inquieta, território onde brotam ideias quase sem parar. Tem uma avidez por histórias de vida e pela escrita; e tanto melhor se as duas vierem juntas.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookLinkedInGoogle PlusYouTube

Compartilhe este link:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *